Templates da Lua

Créditos

Templates da Lua - templates para blogs
Essa página é hospedada no Blogger. A sua não é?

sábado, 16 de setembro de 2017

conto da tarde

Conto: Coisas de família Para: Ni A primavera coloria toda a cidade o concreto e a fumaça dos transportes as vezes pareciam ate coadjuvantes do cenário. Melissa Julia acordou sorridente e foi logo dizendo: “Mãe! Apronta meu vestido que hoje, painho vai me vê dançando tango na escola. que bom mamãe! Depois a menina sorriu tão contente que a cidade sentiu a pureza da vida e começou a dia tão bem. - tá certo docinho! Respondeu a jovem Mãe. A manhã se passou tranquila, cantarolando a pai da pequerrucha dirigia o ônibus pela cidade muitas vez da integração intem o bairro de Cabo Branco. Sua filha iria se apresenta no festival de artes da escola municipal de mangabeira; tinha que ir e estava com vontade. A mocinha de 7 anos ia dança tango no colégio, passou a semana toda dizendo: “ Painho tu vai né? Joaquim tinha que ir e foi. Melissa Julia estava ansiosa momentos antes de subir no palco; o sol da tarde alumiava a cidade, dir-se-ia que a capital da Paraiba era o lugar mais lindo do brasil naquele dia. “ E AGORA COM VOCES TANGO ARGENTINO! COM OS ALUNOS DA AALFABETIZAÇÃO JUSCELINO E MELISSA JULIA!” falou o diretor da escola, ato continuo palmas da plateia enquanto as crianças entravam no placo. Na primeira fila Seu Joaquim segurando a mão de Dona Sonia via a cria que ele e sua mulher deram ao mundo. A menina e seu coleguinha no palco dançavam um tango argentino tão prefeito que o povo da paraíba chegou ate desconfia se de fato aquela gente era do brasil. Depois de dança a menina correu pros braços do pai esquecendo ate dos aplausos e depois de beija seu rosto disse assim: “Que bom que você veio Painho!” - Te amo filha! Falou o coroa motorista pra menina. Nossa Senhora da Penha satisfeita com aquilo pediu para seu filho abençoa a paraíba e foi o que o shalom do pai Fez. Humberto Filho Agosto/2017

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

conto de setembro

Conto: Manhã Feliz. Para: Ni A manhã despertou preguiçosa ganhando o mundo enquanto a chuva molhava a plantação de abacaxi e inhame da minha namoradinha uma virgem linda de 14 anos e meio ( que vez por outra a noite acordava assustada com o som do ruído das estrelas.) Eu tava contente naquele e dia , tinha passado quase três meses limpando e fazendo roçado pro povo pra apura 700 conto e levar minha Melissa pra passear a bichinha ia vé o desfile de 7 de setembro depois ia tomar sorvete comigo na lagoa. No meu coração a vontade era de leva-la pra praia de Cabo Branco pra vé minha namoradinha de biquíni; mais fazer o que? Melissa é quem mandar. Pra mainha num ficar com raiva de mim; comprei pra ela 1kg de morango e um disco de Joana. A coroa ficou tão contente que riu até mostra os dentes. A família da minha pequena confiava em mim fiz dezenove anos este ano dois dias depois do eclipse total do sol acontecer nos estados unidos da América. Melissa era a menina mais linda daquela manhã; ficamos bem de gente do palanque onde estava o governador o prefeito da capital e um moi de politico da PB. O desfile transcorreu magnifico o exercito, a marinha e a aeronáutica do brasil exibiam sua grandeza que era defesa mais também podia ser ataque, graças a Deus que isso quase nunca acontecia. No fim do desfile melissa falou sorridente no meu ouvido: Jacob lindo! Obrigada por hoje! Agora vé se tu se arrumar! Tu ta tão cafona, no próximo passeio eu que vou escolher tua roupa! - tá certo minha linda! Falei e sorri pra ela em seguida beijei o riso da minha menina e senti que tinha gosto de suco de acerola com laranja. No céu Nossa senhora mãe de jesus; disse assim pra seu filho. - Bom deus ainda existe bondade e amor nesse povo! Tenha sempre misericórdia dessa gente. E a natureza então se mostrou prefeita pra todo o planeta terra. Humberto Filho 07/09/2017

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

conto de manhã

Conto: Fugitivos da escola ( baseado numa história real ) Para: Lívia de Maria A manhã era agradável aos olhos de todos; o sol deixava a vida nítida, e o vento refrescava as aparências. A mãe de Sarinhah tinha comprado pra ela o DVD de “ carinha de Anjo” no shopping Morumbi. A menina estava uma alegria só. - Mamãe! Posso trazer meus amiguinhos da escola pra assistir comigo meu DVD? Perguntou a pequerrucha de 4 anos. - claro que sim! Minha filha Linda!! Respondeu a mãe em seguida colocou a filha no braço e a cobria de beijinhos enquanto amenina dizia sorridente: EBA! EBA! A mãe depois deixou a filha na escola e foi trabalhar, a menina foi pra sala de aula eufórica pra conta a novidade pra seus amiguinhos Julinho de 3 anos e Pedro de 5 anos. A aula passou depressa as crianças mal percebiam a tia que ensinava sobre profissões e lazer. No intervalo foram brincar no pátio da escola. Inteligente que era Sarinhah notou que tinham deixado o portão do fundo da escola encostado. - vamos lá pra casa assistir carinha de anjo!? A menina chamou seus dois amiguinhos. - BORA! BORA! Respondeu os dois e assim foram Sarinha na frente abriu o portão e passaram em seguida saíram correndo pela rua e pela calçada ‘ livres, leves e soltos” O prédio onde a menina morava ficava do outro lado da rua, as câmera de segurança dom local filmaram a aventurada da criançada. Ao chegarem no condomínio Sarinha bateu no protão ( não conseguia aperta o o interfone pois era pequena) Ao abri o portão os seguranças ficaram surpresos ao verem as crianças ali sozinhas. - O que você ta fazendo aqui Sarinha!? Perguntou o segurança. - Vim trazer meus amigos pra assistir o DVD comigo lá em casa, minha mãe deixou! Respondeu a menina. O segurança colocou as crianças na recepção e foi ligar pra mãe da criança e disse assim: Dona Guiomar. Sua filha ta aqui! trouxe uns amiguinhos pra assistir televisão com ela. A impressa depois contou essa história para ao Brasil; falando do perigo que a crianças passaram e do descuido do pessoal da escola. Mais não falaram do essencial, sarinhah uma menina de apenas 4 anos foi mais inteligente do que os adultos daquele canto naquela manhã bonita de inverno em SP. Humberto Lima 06/09//2017

sábado, 26 de agosto de 2017

+ um conto.

Conto: Vou ser Freira Para: Evelyne shalom, Irmã Daniele , Lais shalom. “Não se assuste pessoas, se eu te disser que a vida é boa” ( Pitty) Foi assim, Clarisse despertou sorridente, tinha sonhado com Maria a lhe pedi pra se torna esposa de seu filho jesus a abandonar tudo e viver de amor, o mais doce amor. Aos dezesseis anos Clarisse despertava pra vida, achava que tudo era bom e de fato era pra uma alma pura como aquela, na sua mente pensava que beijo na boca engravidava e ter filhos só depois do casamento seus pais a ensinaram logo cedo isso. Tanto que quando Pedrinho lhe roubou um beijo no intervalo da escola, ela passou a noite chorando com medo de não forma uma família santa. “ Pedrinho meu bom namoradinho porque você fez isso com agente?’ era a pergunta que saia de suas lagrimas tristes. (Menina boba aquela que aos 13 anos de idade se consagrou a Nossa Senhora; e desde então vivia a pensar como seria quando habitar-se o céu.) Sua avó percebendo a angustia da neta, tratou de fala pra Clarisse como era a concepção de criança e depois disse assim: “ Perdoe seus pais netinha, o bem! é que desejam pra ti, por isso te ensinaram assim, te amam como o orvalho amar a flor que pode ser rosa; mais sempre é amor” No café da manhã daquele dia, a virgem estava sorridente e junto com a família comiam cuscuz, café, ovo e carne de charque. Ela aproveitando o sorriso da sua mãe . falou sorrindo pra seu pai, sua mãe e sua avó:’ gente, vou ser freira! Só Deus basta. Humberto Filho 13/05/2017

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Comêdia romantica

Conto: Circo Para: Evelyne shalom Samara shalom O palhaço vestiu seu mais bonito terno azul deixou o bigode bem bonito, penteou o cabelo Jogou sobre o corpo um perfume alfazema e foi pra prefeitura pedir o alvar ao prefeito pra pode o circo se instala na cidade. - então tu é palhaço? me faz rir?- perguntou o prefeito- que hoje tem espetáculo na minha cidade! Depois riu com vontade ou de pena. - agora tou sem vontade- respondeu Marcus em seguida perguntou- Pode ser uma magica? - por que não! Falou o chefe máximo daquele município. - prefeito eu tou sozinho aqui, e o magico ta la no circo, mais se de noite tive espetáculo, vossa excelência vai vê palhaçada e magica e muito mais. Você que decidi? Perguntou tagarelando o palhaço. - palhaço esperto! Ta certo.o alvará ta liberado. Disse o prefeito. De noite a lona tava montada e as luzes do circo enfeitavam a cidade. O espetáculo foi uma festa; o prefeito tava satisfeito, o circo ia passar um mê naquela cidade. Naquele momento a trapezista linda de 16 anos chamada Sumara voava pelo céu do placo, a plateia olhava admirada pra performance da mocinha que segura voava no céu segurando nos ganchos. A plateia batia palmas pra cada voou que Sumara dava no ar; tudo era alegria naquela noite bonita da cidade. Depois do espetáculo o palhaço foi andar de skat com sua namorada. Passou um mês fazendo isso depois o circo foi embora pra outa cidade da paraíba. Humberto Moreira Março/ junho 2017

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

buceta fim de tarde

Boa tarde amigos desconhecidos. por isso dias as coisas estão dificeis pra mim, alem da minha prima tem uma afilhada da minha mãe aqui em casa destruindo minha vida. as vezes penso ate em me matar mais como não tenho coragem tou bebendo feito um cara sem esperançã. não queria isso. vou mudar. estou numa viver de fala sobre amor nos meus contos estou chamando o estilo de romantismo ultrapassado, não sei poucas gente me ler. meu livro poucas pessoas compra. As pequenas são linda faz tempo que beijei uma, tem uma lindinha pequena de um bairro aqui da cidade que me mandar altos beijos pelo whatzap, um dia tomare que pessolamente. pelo brasil ontem os deputados canalhas canalhas canalhas, arquivaram a investigação contra o presidente. isso é punk, por isso que os ingleses chamam o brasil de o o 3 pais onde o povo é mais idiota no mundo. Mais tenho fé no brasil e no povo, tudo vai ficar bem o brasil vai mudar pra melhor. No mais corrupção e falta de sexo na minha cidade. Obrigado por m lerem amigos desconhecidos

segunda-feira, 10 de julho de 2017

+ um conto

Conto:Ritinha Pra: Carol, Catarina e Larrisa. A manhã amanheceu gostosa; os raios do sol queimavam aterra de leve. O verde da nas matas na serras pare4ciam pintura de quadro .realista. Pela rodagem Ritinha ia compra comida pra sua família na mercearia de Seu Jucelino. Ia sem pressa pensando na vida; há dois dias tinha dado seu primeiro beijo na boca; seu corpo tinha se arrepiado todo e Ritinha tinha gostado e queria de novo. Fazia um ano que namorava Raul, mais so deixou agora, porque tinha medo de engravida. Quando ela aera criança seu pai lhe ensinou que beijo na boca engravidava. E foi um custo imenso, Raul explica pra moça que não era verdade. - Por acaso? Você ta chamando meu pai de mentiroso?- perguntou Ritinha zangada pra Raul. - Não quis dizer isso minha flor!- respondeu o namorado- Apenas quis dizer que ele que te protege porque gosta de você. Mais o que engravida é sexo e se eu fizer isso com você agora, se eu não me casar contigo teu pai me mata. Finalizou Raul. Foi desse jeito que Ritinha foi convencida. Mais voltemos a manhã bonita de inverno pela rodagem Ritinha continuava andando inte amercearia, seu riso não saia de seu rosto, a moça era bonita que só vendo. Quando chegou na porta da mercearia que ficava um pouco depois de uma capela. O vento soprou forte e de repente levantando o vestido de Ritinha a deixando vergonhosa. - eu vi tu calcinha menina era azul. Falou Seu Juscelino que do balcão da mercearia observava toda acena. _ Me respeita! Veio safado! Ou você vai se ve comigo! Disse com autoridade Ritinha. - desculpa moça?! Pediu o velho. Sorrindo Ritinha aceitou e depois comprou a comida pra sua família. E voltou pra casa protegida das malicias do mundo; deus lá do céu abençoava aquela lama pura de moça linda. Humberto filho 26/06/2017